Ocitomeve
     
     
     
     
Ocitocina sintética   10,0 U.I.
Veículo q.s.p.   1,0 mL
     
- RETENÇÃO DE PLACENTA, HEMORRAGIA UTERINA PÓS-PARTO E ATONIA DO ÚTERO: Aplicação por via intramuscular profunda. No caso de retenção de placenta tardia (de 5 a 7 dias), aplicar por via endovenosa.
- INSUFICIÊNCIA CONTRÁTIL DA MUSCULATURA DO ÚTERO DURANTE O PARTO: Aplicação por via subcutânea. Caso não haja contrações suficientes, fazer uma nova aplicação com dosagem mais elevada ou aplicar por via endovenosa.
- PROMOÇÃO DA EJEÇÃO DE LEITE (RETENÇÃO LÁCTEA): Aplicar por via intramuscular. Após 5 a 10 minutos inicia-se a ordenha de uma forma lenta e gradual.
- AUXILIAR NO TRATAMENTO DE MASTITE: Aplicar por via intramuscular, após a ordenha (facilita o esgotamento mais completo da glândula mamária).
OCITOMEVE também é indicado para casos de prolapsos uterinos (via epidural) e de iminência de febre puerperal.
OCITOMEVE é uma ocitocina sintética com capacidade de estimular a musculatura lisa da glândula mamária e do útero. Seu mecanismo de ação no útero se dá pela interação do hormônio com seus receptores específicos estimulados pelo estrógeno. Durante e após o parto, OCITOMEVE age como estimulador da contração do útero e das glândulas mamárias. Auxilia no controle da hemorragia uterina pós-parto, retenção de placenta, atonia uterina e na insuficiência contrátil da musculatura uterina durante o parto. OCITOMEVE tem efeito sobre a glândula mamária através do aumento das contrações musculares dos alvéolos e dos canais galactóforos, aumentando assim a ejeção do leite, facilitando o esgotamento total da glândula mamária, auxiliando na prevenção das mastites.






A injeção intravenosa deve ser muito lenta, sendo que o efeito se manifesta de forma imediata. Na administração de OCITOMEVE por via intramuscular ou subcutânea, o efeito se manifesta após 5 a 10 minutos da injeção. A dosagem pode ser repetida sem qualquer risco, pois o produto não apresenta efeito cumulativo. Não administrar em fêmeas em gestação até o momento do parto. Interações medicamentosas: Não associar a ocitocina juntamente com corticoides, vasoconstritores, simpatomiméticos ou anestésicos.



Frascos de 5 mL, 10 mL, 20 mL, 50 mL e 100 mL.