Vitaferr 20
     
     
     
     
Ferro dextrano   200 mg
Cloreto de cobre   2,0 mg
Vitamina B1         2,0 mg
Veículo q.s.p.   1,0 mL
     
A associação de ferro-dextrano, cloreto de cobre e vitamina B1 é indicada como preventivo e curativo da anemia, especialmente em leitões e bezerros jovens, colaborando contra infecções secundárias. Indicado para o tratamento da anemia por deficiência de ferro devido à hemorragia causada pela ação de parasitas sugadores de sangue, diarréia sanguinolenta crônica e catarro entérico. É coadjuvante nos tratamentos das tripanossomíases, piroplasmose, anaplasmose, leptospirose, hemoglobinúria e anemia homolítica. A absorção no local da injeção é lenta, propiciando um suprimento de ferro por tempo prolongado.
- Animais em estado de desnutrição proteica.
- Anemias devido a tumores e infecções sem deficiência de ferro, podendo ocorrer hemossiderose, bem como, animais com alergia aos sais de ferro.









São observados em casos extremamente raros, todavia poderão ocorrer como reações anafiláticas. Nesses casos, aconselha-se administração de corticoides e anti-histamínicos.



- Não administrar em leitões recém-nascidos procedentes de porcas ou marrãs que apresentam, durante a prenhez, deficiências em vitamina E ou selênio. Os leitões, nesses casos, apresentam-se deprimidos, cambaleantes e rapidamente deitam-se. Essa hipersensibilidade dos leitões pode ser prevenida pela administração de vitamina E e selênio às porcas deficientes durante a prenhez ou aos leitões deficientes durante, pelo menos, três dias.
- Séries de tratamento prolongado, repetidas com muita frequência ou após curto intervalo podem, teoricamente, produzir uma hemocromatose ou hemossiderose. Por isso desaconselha-se a aplicação de séries repetidas com intervalos menores de seis meses.
- O ferro dextrano é contraindicado em pacientes com infecção renal aguda ou histórico de hipersensibilidade ao ferro.



O produto deve ser aplicado por via intramuscular profunda.



Frascos de 100 mL.